Reforma de Tambores

Processo de reforma, recuperação ou transformação.

TAMBOR TAMPA REMOVÍVEL (TR) OU FIXA (TF)

1) Tambores usados TR (tampa removível) - 200 litros:

1.1. Recebimento em veículos específicos e adequados para a operação, descarga e armazenagem, conforme seleção por tipo de tambor;

1.2. Padronização de altura com corte da virola do tambor TR Alto, ou abertura do tambor TF, quando desclassificado para sua recuperação, e transformação para TR com remoção da tampa superior - (máquina de recortar tipo calandra);

1.3. Escorrimento dos resíduos remanescentes de produtos envasados anteriormente - (máquina: tanque de coleta com escorrimento por gravidade);

1.4. Incineração à 700 °C para promover a neutralização e a redução da matéria orgânica e partículas sólidas - (forno refratário dinâmico com trilho);

1.5. Jateamento com granalhas de aço, de maior impacto, para a remoção completa de material carbonizado residual - (jateadeira dinâmica multi turbinas);

1.6. Inspeção, controle e calibração do diâmetro da boca e do corpo - (operação em expansora hidráulica);

1.7. Alinhamento de geometria da virola do fundo e conformação dos frisos de reforço do fundo - (calandra hidráulica ou pneumática);

1.8. Execução de nova virola na boca superior - (maquina conformação de virola);

1.9. Conformação da nova virola da tampa - (calandra hidráulica ou pneumática);

1.10. Escovação rotativa interna e externa, processo de preparação da superfície que remove totalmente particulados do processo de incineração, como poeira e óxidos, além de gordura e resíduos oleosos do processo de jateamento, garantindo, na aplicação do revestimento, melhor acabamento de pintura, ancoramento da película e maior resistência à choque e umidade - (escovão elétrico);

1.11. Pintura interna e externa concomitante, com aplicação de esmalte específico, desenvolvido especialmente para conferir película flexível e aderente ao substrato garantindo a proteção contra exposição à intempéries - (automatizada com pistões pneumáticos ou hidráulicos);

1.12. Secagem da tinta - (estufa: 120º/210ºC dinâmica com monovia automática para tambor e tampa);

1.13. Resfriamento com ventiladores de sopro;

1.14. Impressão com aplicação de silk screen com dispositivo automático - (tela e rolete);

1.15. Fechamento do tambor com conjunto de vedação novo ou usado, fabricados ou recuperados em linha específica (tampa + aro de parafuso/fecho rápido + guarnição nova de borracha);

1.16. Estocagem ou carregamento da carga nos caminhões - (processo manual).



TAMBOR TAMPA REMOVÍVEL (TR) OU FIXA (TF)

DETALHAMENTO DO PROCESSO DO TAMBOR “TR” E SUAS PARTICULARIDADES

(TAMBOR TR HOMOLOGADO SELO INMETRO)

Com habilidade para criar soluções quanto às necessidades técnicas de processo na recuperação de embalagens, exigidas desde 2004 para atender mercado Nacional de citro-sucos, adquirimos know-how do processo de produção e conhecimento de todos os entraves mais freqüentes no uso e aplicação de tambores reformados para sucos.

No processo de transformação e recuperação de tambores metálico tipo TR 200 litros, devem ser observados importantes quesitos que criam limites difíceis; são divisores de qualidade, criam padrão de regularidade, consolidam o processo e evitam transtornos e prejuízos com cargas rejeitadas por não conformidade.

Quesitos x conseqüência por não conformidade

- peso da embalagem: a variação de peso sem controle causa problemas durante o processo de envase e enchimento de produtos, pois dificulta o padrão de “TARA” da embalagem e a formação de carga em contentores de exportação;

- cota da altura do tambor: falta de regularidade na altura dos tambores incorre na dificuldade de empilhamento e risco de acidente com queda na câmara fria ou ainda durante o transporte de pallets;

- chapas preparadas: superfície incinerada e jateada adequadamente, promove melhor ancoramento dos revestimentos especificados oferecendo maior qualidade quanto à resistência a umidade, contração e dilatação, evitando riscos, ferrugem, trincas e descascamento;




2) Tambores usados TF (tampa fixa) - 200 litros: TAMBOR TR HOMOLOGADO SELO INMETRO

2.1. Recebimento em veículos específicos e adequados para a operação, descarga e armazenagem, conforme seleção por tipo de tambor;

2.2. Escorrimento dos resíduos remanescentes de produtos envasados anteriormente (máquina: tanque de coleta com escorrimento por gravidade);

2.3. Reconformação, controle e calibração do diâmetro do corpo e alinhamento da geometria das virolas da tampa superior e fundo do tambor - (calandra e expansora hidráulica ou pneumática);

2.4. Lavagem e limpeza interna do tambor com solventes reativos de baixo ponto de ebulição, adequados a remoção de impurezas em geral, por meio de processo de rolagem. (rotacionadora e viradeira mecânica para processamento de 10 pçs/ciclo); (Obs.: resíduos devidamente tratados e destinados à empresas de co-processamento)

2.5. Secagem interna por ventilação forçada de ar quente. (ventiladores elétricos com aproveitamento da caloria do forno);

2.6. Remoção de etiquetas, adesivos e outros materiais de relevo aplicados ao tambor – (raspadeira mecanizada);

2.7. Escovação rotativa externa, processo de preparação da superfície que remove totalmente particulados do processo de incineração, como poeira e óxidos, além de gordura e resíduos oleosos do processo de jateamento, garantindo, na aplicação do revestimento, melhor acabamento de pintura, ancoramento da película e maior resistência à choque e umidade - (escovão elétrico);

2.8. Pintura externa, com aplicação de esmalte específico, desenvolvido especialmente para conferir película flexível e aderente ao substrato, garantindo a proteção contra exposição à intempéries - (automatizada com pistões pneumáticos ou hidráulicos);

2.9. Secagem da tinta - (estufa: 120º/210ºC, dinâmica com monovia automática);

2.10. Resfriamento com ventiladores de sopro;

2.11. Impressão com aplicação de silk screen com dispositivo automático - (tela manual);

2.12 Estocagem ou carregamento da carga nos caminhões - (processo manual).

Processo de recuperação de tampas usadas
Fabricação de tampas novas.

Tambores TR.

3) Tampas

3.1. Recebimento dos tambores TRem veículos específicos e adequados para a operação, descarga, retirada e reaproveitamento das tampas e aros usados em condições, inclusive as tampas cortadas de tambores TF, e armazenagem, ou, no caso de tampas novas, recebimento dos discos cortados;

3.2. Conformação da tampa nova - (prensa elétrica) e, no caso das tampas cortadas dos tambores “TF”, rebarbamento e acabamento da secção cortada – (manual);

3.3. Jateamento das tampas usadas com granalhas de aço, de maior impacto para melhor remoção de particulado orgânico, óxidos e outras sujidades – (jateadeira dinâmica multi turbinas), e revisão dos aros reaproveitáveis - (manual).

3.4. Desengraxe, no caso das tampas novas, com imersão em banho aquecido a temperatura de 40ºC, com desengraxante específico - (tanque de imersão estática – manual). No caso das tampas usadas, submissão ao processo de jateamento para remoção das sujidades; (Obs.: resíduos devidamente tratados e destinados à empresas de co-processamento).

3.5. Fabricação de aros novos - (dobradeira e máquina de solda)

3.6. Pintura interna e externa, intermitente face interna x externa, com aplicação de esmalte específico, desenvolvido especialmente para conferir película flexível e aderente ao substrato, garantindo a proteção quanto à umidade e exposição à intempéries - (manual com rack de prateleira para espera);

3.7. Secagem da tinta - (estufa: 120º/210ºC, dinâmica com monovia automática);

3.8. Resfriamento com ventiladores de sopro;

3.9. Impressão com aplicação de silk screen – (dispositivo e tela manual) e fixação da borracha de vedação (manual);

3.10. Fechamento do tambor com conjunto de vedação novo ou usado, fabricados ou recuperados em linha específica (tampa + aro de parafuso/fecho rápido + guarnição nova de borracha), ou estocagem - (processo manual).

Telefones:


E-mails:


Escritório Virtual:

(11) 4108 6912 - Comercial
(11) 5049 0799 - Operacional

atendimento@L2pack.com.br
atendimento@Localpackindustrial.com.br

Rua José de Magalhães 335, cj. 31.
Vila Clementino - CEP 04026-090 - São Paulo - Capital

Canal rápido do cliente

Depto. Comercial
11 4108 6912 H. Office
11 994 235 215 Mobile
11 994 235 215 WhatsApp

Depto. Técnico
11 5049 0799 H. Office
11 994 777 907 Mobile
11 994 778 979 WhatsApp

Fechar
E-mails para Contato